Programa de rádio leva educação a jovens e adultos no Seridó potiguar

A pandemia da covid-19 reativou a experiência da educação pelo rádio, como precursora da educação à distância, e como mais uma ferramenta didática e tecnológica.
“Rádio Educacional Lucinete Costa”. Foto: Sandro Menezes

Programa de rádio leva educação a jovens e adultos no Seridó potiguar

A pandemia da covid-19 reativou a experiência da educação pelo rádio, como precursora da educação à distância, e como mais uma ferramenta didática e tecnológica.

 Em visita à Décima Diretoria Regional de Educação (Direc) no município de Caicó, nesta segunda-feira 2, a governadora Fátima Bezerra (PT) participou do ato de descerramento da placa da “Rádio Educacional Lucinete Costa”. A rádio foi criada na atual gestão em função das necessidades impostas pela pandemia da Covid-19 quando os professores se depararam com o desafio de atender de forma não presencial a educação de jovens e adultos.

“Fico feliz e comovida por ver a dedicação de vocês dando demonstração de amor e zelo ao serviço público e à coletividade. Sou servidora pública como vocês, hoje na condição de governadora, e estamos reconhecendo o valor da professora Lucinete na educação de jovens e adultos”, afirmou Fátima Bezerra.

A governadora pontuou que a rádio tem função na pandemia, mas tem também a função de expandir a educação e chegar a jovens e adultos. “Lucinete é da minha geração e construímos o movimento pelo fortalecimento da educação e por esta causa continuamos lutando até hoje. O governo zela pela educação inclusive lançamos o PNEP que vai investir R$ 400 milhões, o maior programa da história da educação potiguar. Lucinete deixa legado da educação com inclusão. Rádio é o meio de comunicação mais popular e democrático”, declarou.

Fabíola Dantas, assessora pedagógica da Educação de Jovens e Adultos da 10ª Direc, motivada pela Subcoordenadoria de Educação de Jovens e Adultos (Sueja) da Seec, sugeriu um programa de rádio, que não precisasse de internet para beneficiar maior número de alunos. A proposta foi encaminhada à Sueja e feito contato com a Rádio Rural de Caicó, que tem trabalho voltado à educação desde a época do MEB – Movimento de Educação de Base (1970-1980) – e é vinculada à Fundação Educacional Santana, emissora de educação rural de Caicó.

A pandemia da covid-19 reativou a experiência da educação pelo rádio, como precursora da educação à distância, e como mais uma ferramenta didática e tecnológica. As aulas começaram com programa diário, às 19h, na Rádio Rural de Caicó, seguindo a proposta paulofreiriana de educação.

Lucinete Costa, que já tinha experiência com o MEB, era coordenadora pedagógica do Centro de Educação de Jovens e Adultos (Ceja) Senador Guerra, instituição de Educação de Jovens e Adultos em Caicó, participou da criação do programa durante a pandemia e conseguiu levá-lo para as escolas e para o sistema prisional, que passaram a fazer parte do “Programa EJA em Ação”. Lucinete faleceu vitimada por infarto, em 23 de dezembro de 2020, aos 62 anos de idade.

Para fazer o programa, os educadores tinham que gravar na Rádio Rural de Caicó. Devido ao agravamento da pandemia, perceberam a necessidade de montar um estúdio dentro da 10ª Direc. O programa é gravado no estúdio da Direc e é transmitido pela Rádio Rural.

A rádio da Direc agora é denominada Rádio Educacional Lucinete Costa. As aulas são transmitidas às segundas, terças e quintas-feiras. Com a volta às aulas presenciais, no sistema híbrido, está em processo de avaliação, junto aos alunos, se continuam com o “Programa EJA em Ação”;

Exposição

Na ocasião do descerramento da placa da rádio, o Setor de Arte e Cultura da 10ª DIREC apresentou a exposição “Vivências gráficas na escola”, uma mostra didática do estudante Deyvid Abdon, da Escola Estadual Professora Calpúrnia Caldas de Amorim. Aluno do professor de artes Valentin dos Santos, na época do Ensino Fundamental, Deyvid fez a exposição para a sala de Arte e Cultura. 0 professor Valentin é diretor de Arte e Cultura da 10ª Direc, criada na atual gestão estadual.

A Décima Direc também disponibiliza o “Cantinho da Saudade” – local para cuidar do emocional, necessidade constatada na pandemia. No local os nomes das vítimas da Covid-19, familiares dos profissionais da Direc, estão escritos no plural: “Nêgas, Antônias…” etc.

O ato na Direc de Caicó também ressaltou a importância da Lei 10.915, de 02 de junho de 2021, de autoria do deputado Francisco do PT, que estabeleceu a prioridade aos profissionais da rede pública e privada da educação em efetivo exercício da atividade na vacinação contra a Covid-19, no Rio Grande do Norte. A cantora Cocota, que também é a merendeira/copeira da Direc, cantou músicas regionais.

Na Regional de Educação em Caicó, a governadora esteve acompanhada da secretária adjunta da Educação, Márcia Gurgel, secretários Fernando Mineiro (Segri) e coordenador do programa Governo Cidadão, Gustavo Coelho (Sin), Guilherme Saldanha (Sape), João Maria Cavalcanti (Semarh), assessora da Potigás, Samanda Alves. Vereador em Caicó, Andinho Duarte. O deputado Francisco do PT representou a Assembleia Legislativa.

10ª DIREC
• Número de escolas estaduais na 10ª Diretoria Regional de Educação – Caicó: 32 unidades de ensino.

• Número de estudantes: 8.632 alunos.

• Professores alocados na regional: 643.

• 11 Cidades jurisdicionadas: Caicó, Ipueira, Jardim de Piranhas, Jardim do Seridó, Jucurutu, Ouro Branco, São Fernando, São João do Sabugi, São José do Seridó, Serra Negra do Norte, Timbaúba dos Batistas.

Fonte: Agora RN

Programa de rádio leva educação a jovens e adultos no Seridó potiguar

Saiba mais em: https://agorarn.com.br/ultimas/programa-de-radio-leva-educacao-a-jovens-e-adultos-no-serido-potiguar/ | Agora RN
             

Virou notícia publicamos aqui

Assuntos sobre: Educação, Comportamento, entre outros. 

                                     

COMPARTILHE
Postagem Anterior
Próximo Post

Textos escolhidos pra você: