Quem não tem saudades daquele professor que tinha boa didática em sala de aula

Quem não tem saudades daquele professor que tinha boa didática em sala de aula

Quem não se lembra e tem saudade daquele professor dos tempos de infância, que por algum motivo marcou sua vida?  E, aquele professor que ainda deixa

Quem não tem saudades daquele professor que tinha boa didática em sala de aula

Quem não se lembra e tem saudade daquele professor dos tempos de infância, que por algum motivo marcou sua vida?  E, aquele professor que ainda deixa recordações por que tinha uma didática para ensinar.

Como fazer cálculo mental de forma prática sem errar

Como fazer cálculo mental de forma prática sem errar

Como fazer cálculo mental de prática sem errar, pois é você sabia que quando faz contas de cabeça está usando sistema de numeração e as propriedades das operações. Quando vamos a um comércio

 Como fazer cálculo mental de prática sem errar, pois é você sabia que quando faz contas de cabeça está usando sistema de numeração e as propriedades das operações. Quando vamos a um comércio, ou numa feira, observamos a pessoa recebendo o valor e devolvendo o troco de forma rápida, sabemos que existem três maneiras de resolver as contas que diariamente aparecem na nossa frente: a) usando a calculadora; b) estimando o resultado com base em referências e em experiências anteriores; c) fazendo a conta ou usando o cálculo mental. Em atividades profissionais, geralmente os adultos usam a calculadora ou outras máquinas afins.

 No dia a dia, porém, o mais comum é as pessoas chegarem mentalmente ao resultado ou estimar um valor aproximado. Mas na escola essas estratégias não são valorizadas e a atenção ainda está no ensino da conta armada.

 Dicas para fazer cálculo mental sem errar

Muitas pessoas não sente segurança em fazer contas de cabeça, elas usam sempre a calculadora, mas em algum momento precisamos fazer um cálculo de cabeça. Desde os primeiros anos de ensino de matemática, existe um exercício em particular que exige mais concentração, dedicação e investimento intelectual do que muitos outros: ele é o cálculo mental.

Imagine então no Ensino Médio, na preparação para o vestibular, ou então durante seu curso universitário? É uma técnica muito útil e que pode aprimorar o desempenho e rendimento dos estudantes de uma maneira bem eficaz.

Mas é preciso dominar técnicas específicas para utilizar o cálculo mental com rapidez e eficácia na nossa vida cotidiana, seja na hora de fazer compras, arrumar a casa ou cozinhar, entre outros.

Mesmo se a grande maioria das pessoas hoje possui um smartphone, às vezes não temos o celular por perto ou então, quando temos, até procurar o aparelho na bolsa, digitar a senha, achar o aplicativo calculadora… A conta já era!

Retomar as noções de base do cálculo mental pode ajudar você a sair do sufoco na hora de uma prova, no dia do vestibular, por exemplo, mas também a economizar tempo e treinar sua mente em situações do cotidiano.

 Mas como fazer? Existe uma técnica específica? Existem exercícios, aqui vai algumas dicas: O passo é usar o  sistema de numeração que normalmente utilizamos é o sistema de numeração decimal, Unidades, Dezenas e Centenas. 

Os símbolos matemáticos utilizados para representar um número no sistema decimal são chamados de algarismos: 0, 1, 2, 3, 4, 5, 6, 7, 8, 9, que são utilizados para contar unidades, dezenas e centenas. Esses algarismos são chamados de indo-arábico porque tiveram origem nos trabalhos iniciados pelos hindus e pelos árabes. Com os algarismos formamos numerais (Numeral é o nome dado a qualquer representação de um número).

 Você já deve ter visto alguém fazer contas de cabeça com rapidez ao saber a data de nascimento de uma pessoa. Vamos a uma técnica a pessoa nasceu em 1960 e estamos em 2017. Neste caso trabalhamos mentalmente com numeração decimal ou conhecido valore redondo, 1960 para 2000 temos 40 basta somar com o ano atual 17, ou seja, 40+10+7 = 57  então a pessoa tem 57 anos.  Mas e se a pessoa nasceu em 1954? Usamos a mesma técnica arredondamos para 1950 que para cegar em 2000 dar 50 +10 +7- 4  logo a pessoa tem 63 anos. Vamos mais a um exemplo a pessoa nasceu em 1941 arredondado para 1940 que para 2000 dar 60 e somo com o ano que 17 que fica: 60+10+7 – 1 logo a pessoa tem 76 anos. Observe que trabalhamos com o sistema de numeração decimal, o valor que passar eu faço a subtração.

 Porcentagem:  5% por centro de 150,00  eu mentalmente multiplico 5x15 = 75 e descubro que é 7,50  ah, mas não decorei a tabuada do 15, não há problema usa o método decimal.  5% de 100 = 5  depois faz os 50,00   que fica 5 x5 =25 ai você soma 5,00 +2,50 = 7,50

Passando o troco correto: Nessa transação utilizamos a soma e subtração ao mesmo tempo, veja uma compra de 75,00 reais, dei para cobrar uma nota de 100,00 ao invés de eu subtrair posso somar, invertendo tenho 75,00 quando falta para chegar o valor de 100,00, observe que mentalmente vou imaginar que tenho em mãos 75,00 e quero chegar a 100,00 vou pegar um valor que soma o valor de 100 ok. Que é 25,00, ou seja, o troco que eu tenho a que devolver para a pessoa.

As vantagens do cálculo mental

O cálculo mental traz muitos benefícios e vantagens incontestáveis para a nossa vida cotidiana, seja você um estudante ou um profissional.

Ele contribui para que você obtenha resultados rápidos e precisos em qualquer situação; o melhor de tudo isso é que você não vai precisar nem de uma calculadora!

Você simplesmente vai aprender a contar de cabeça, bem depressa! Só isso!

Para aqueles que desejam reforçar seus estudos em matemática, o cálculo mental permite a consolidação dos conhecimentos dos números, a familiarização com as operações, a descoberta de certas propriedades, e muito mais.

 Que tal calcular o valor da sua conta de supermercado de cabeça?

O cálculo mental pode ser usado em diversas ocasiões: ele treina as noções de grandeza das operações, o que é muito importante quando estudamos os números decimais ou as proporções, por exemplo.

Enfim, o cálculo mental contribui para que você estruture sua mente, de maneira a começar a pensar, refletir, estimulando sua memória, sua habilidade analítica e de síntese.

Em um primeiro momento, apesar de não parecer, ele compreende também um forte aspecto lúdico: excelente oportunidade para aqueles que gostam de desafios matemáticos seja em jogos de lógica, com quebra-cabeças, brincando de lego ou de cubo mágico… com o cálculo mental, você faz seus neurônios funcionarem e se diverte ao mesmo tempo! Na verdade, você pratica a matemática e nem se dá conta disso.

Por que estudar o cálculo mental?

Existem muitas razões para começar a fazer contas de cabeça e sobretudo a desenvolver suas habilidades de memorização matemática. Veja algumas delas:

  • Você estimula sua mente a progredir nos cálculos, uma vez que já terá alguns resultados prontos por reflexo; assim, consegue focar em problemas mais complexos;
  • Você ganha tempo e em alguns casos até dinheiro (vá perguntar a opinião dos jogadores de poker ou dos banqueiros!)
  • Você viaja com menos bagagem: pode deixar em casa aquela calculadora enorme que ocupa espaço na mala. Ok, você vai ter o seu celular, mas desnecessário usá-lo para calcular quanto é 8 x 7, certo?
  • Você vai se dar bem em diversas situações do dia a dia: a tabuada do 11 e do 12 não será mais nenhum mistério…
  • Ninguém mais vai conseguir te enganar na hora de dar o troco!
  • Você vai economizar nas aulas de matematica

Como treinar sua mente a calcular

Em todos os casos, a prática diária e constante do cálculo mental, por cerca de dez minutos por dia, já é suficiente. Não adianta ficar horas a fio decorando fórmulas e contas; seu cérebro precisa apenas de uma prática constante e regular para que os cálculos se tornem algo bem natural, assim como andar de bicicleta ou até mesmo respirar.

O cálculo mental pode ser praticado tanto oralmente quanto por escrito, e você pode recorrer a suportes e recursos como um caderno, uma pasta de anotações, cartas, fichas, dados, um programa de computador.

É importante ter em mente todos os mecanismos e técnicas que você utilizou para chegar a determinados resultados: isso vai ser útil por toda a sua vida. Vai inclusive fazer de você um bom aluno de matemática e, quem sabe, um especialista?

Veja alguns recursos básicos para ajudar nessa empreitada:

  • As tabuadas de adição e de multiplicação;
  • Conhecimento dos números quadrados até 15² (=225), bem como as potências;
  • A técnica de multiplicação por potências de 10 com expoentes negativos (é preciso andar a vírgula para a esquerda) e de expoentes positivos (deslocar a vírgula para a direita);
  • Usar a propriedade “dividir por um número = multiplicar pelo número inverso” (por exemplo, dividir por 0,25 é multiplicar por 4)
  • Aprender os produtos notáveis: (a+b) ² = a² + 2ab + b², (a – b) ² = a² – 2ab + b², (a+b) (a – b) = a² – b².
  • Aprender as regras de fatoração;
  • Conhecer as ordens de grandeza.

 Recursos online que ajudam no cálculo mental

Para evoluir em matemática com o cálculo mental, a Internet é também um recurso precioso e complementa perfeitamente suas aulas.

Existem muitos sites especializados que propõem videoaulas, explicações, quiz, textos complementares, exercícios, jogos e muito mais. Selecionamos alguns para você:

Khan Academy: ONG educacional criada e sustentada por Salman Khan. Com a missão de “fornecer educação de alta qualidade para qualquer um, em qualquer lugar”, oferece uma coleção grátis de vídeos de matemática entre outras matérias.

Olimpíada Brasileira de Matemática: com 30 anos de tradição, a OBM disponibiliza, em seu site, download de provas e gabaritos anteriores.

Calcule Mais: Videoaula de matemática e exercícios de matemática desde o ensino fundamental até o ensino superior e concursos públicos.

Site Mais: reúne de maneira organizada vários recursos educacionais multimídia disponíveis gratuitamente na internet para uso do professor e do estudante de Matemática.

Só Matemática: são mais de 3.000 páginas de conteúdo, onde você irá aprender Matemática de maneira descontraída, tanto na teoria como na prática.

Matematiquês: questões, provas, curiosidades, resumos e muito mais sobre Matemática!

Portal Matemática: o portal da matemática é um site que visa auxiliar alunos do ensino fundamental e médio, e o seu foco principal é o pré-vestibulando e os interessados que visam ingressar na carreira pública por meio de concursos.

Me Salva: O projeto tem a motivação de ajudar estudantes de todo país na compreensão da temida disciplina de cálculo diferencial e integral.

Kuadro: no kuadro, as pessoas aprendem com vídeos e exercícios, trocam conhecimento, tiram dúvidas… Enfim, um grande grupo de estudos.


Em depoimento, Eduardo Pazuello diz que faltou oxigênio em Manaus só por três dias

Em depoimento, Eduardo Pazuello diz que faltou oxigênio em Manaus só por três dias

 

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello afirmou à CPI da Covid nesta quarta-feira (19) que o estoque de oxigênio hospitalar em Manaus ficou negativo durante três dias em janeiro

 Em depoimento, Eduardo Pazuello diz que faltou oxigênio em Manaus só por três dias

O ex-ministro da Saúde Eduardo Pazuello afirmou à CPI da Covid nesta quarta-feira (19) que o estoque de oxigênio hospitalar em Manaus ficou negativo durante três dias em janeiro.  A fala gerou revolta de senadores na comissão. Eduardo Braga (MDB-AM) disse que o ex-ministro estava mentindo e que a carência do insumo durou mais. “Quando a gente observa os mapas, a gente vê que a White Martins [empresa fornecedora de oxigênio] começa a consumir seus estoques já no fim de dezembro. Então, ela tem um consumo, uma demanda, e começa a entrar no negativo, e esse estoque vai se encerrar no dia 13 [de janeiro], quando acontece uma queda de 20% na demanda e no consumo do estado. No dia 15, já voltou a ser positivo o estoque de Manaus”, afirmou Pazuello. Nesse momento, Braga interrompeu para dizer que a afirmação do ministro era “mentirosa”. 

 “Informação errada, mentirosa. Não faltou oxigênio no Amazonas apenas três dias. Faltou oxigênio na cidade de Manaus por mais de 20 dias. É só ver o número de mortos. É só ver o desespero”, interveio o senador. Pazuello respondeu: “Não são os dados que estão comigo”.  Em seguida, Braga lembrou que as mortes por falta de oxigênio em Manaus ocorreram por vários dias no início do ano. A capital do Amazonas foi uma das cidades mais afetadas pela segunda onda da pandemia e as mortes de pacientes nas filas de UTI e por falta de oxigênio comoveram todo o Brasil. “Não, ministro, desculpe. Nós tivemos pico de mortes por oxigênio em Manaus no dia 30 de janeiro. Antes, ficamos dependendo da ajuda do [ator] Paulo Gustavo, do [cantor] Gustavo Lima. Vamos parar de ficar dizendo que foram 3 dias de falta de oxigênio”, disse o senador.

 Braga também criticou o fato de o governo não ter enviado, no auge da crise, um avião para buscar oxigênio doado pela Venezuela.

“Eu só quero complementar que do dia 10 ao 20 de janeiro, quando chegou o avião da Venezuela, passaram-se dez dias morrendo em média 200 pessoas por dia no Amazonas. Foram 2 mil amazonenses que morreram. Nós poderíamos ter colocado aquele oxigênio”, declarou.

Em seguida, o senador indagou:

“Faltou dinheiro do governo do estado para fazer isso? Não. Faltou vontade política do governo federal em fazer isso? E por que não fez? Por que não deu as informações ao ministro Ernesto Araújo para que o avião dos Estados Unidos pudesse ter ido à Venezuela buscar o oxigênio e levar para o Amazonas para salvar vidas?”, concluiu Braga.

Aviso sobre falta de oxigênio
Pazuello disse que foi informado pelas autoridades do Amazonas sobre a falta de oxigênio hospitalar no estado no dia 10 de janeiro.

“Não alertaram [antes], apenas no dia 10 à noite, pessoalmente. Eu acredito que as medidas possíveis a partir do dia 10 foram executadas, todas executadas”, disse o ministro.

Antes do dia 10, o ministro liderou uma comitiva do Ministério da Saúde a Manaus para tratar do combate à Covid. Ele disse que, na ocasião, não foi avisado de falta de oxigênio.

O senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), vice-presidente da CPI, disse que, em depoimento à Polícia Federal, o secretário de Saúde do Amazonas, Marcellus Campelo, afirmou ter avisado Pazuello da falta de oxigênio no dia 7. Essa fala está registrada no depoimento de Campelo à PF.

“Não. Ele disse que dia 7 ele falou comigo, mas ele não disse no depoimento que me alertou sobre colapso de oxigênio”, esquivou-se Pazuello.

Ofício da AGU
No entanto, ofício que a Advocacia-Geral da União enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) em janeiro afirma que o governo federal sabia do “iminente colapso do sistema de saúde” do Amazonas dez dias antes de a crise estourar e faltar oxigênio para pacientes no estado.

De acordo com a AGU, na última semana de dezembro de 2020, o acompanhamento da situação sanitária “relativa à cidade de Manaus revelou aumento significativo no número de hospitalizações”.

A partir disso, ainda na primeira semana de janeiro, segundo a AGU, o ministério da saúde providenciou reuniões de seu secretariado realizadas entre 3 e 4 de janeiro de 2021

Entre as conclusões do ministério, estava a de que havia a “possibilidade iminente de colapso do sistema de saúde, em dez dias, o que pode provocar aumento da pressão sobre o sistema, entre o período de 11 a 15 de janeiro”.

A AGU afirma que até então, “o Ministério da Saúde não havia sido informado da crítica situação do esvaziamento de estoque de oxigênio em Manaus, ciência que apenas se operou em 8 de janeiro, por meio de e-mail enviado pela empresa fabricante do produto”.

 

Boletim de Saúde | Antônio Carlos Bacaninha segue na UTI em Vitória da Conquista; filha pede orações

Boletim de Saúde | Antônio Carlos Bacaninha segue na UTI em Vitória da Conquista; filha pede orações

Permanece na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital São Vicente de Paulo, em Vitória da Conquista,

Boletim de Saúde | Antônio Carlos Bacaninha segue na UTI em Vitória da Conquista; filha pede orações

Permanece na Unidade de Terapia Intensiva do Hospital São Vicente de Paulo, em Vitória da Conquista, nesta quarta-feira (19), Antônio Carlos Andrade Melo, de 62 anos. Saracura ou Bacaninha, como é conhecido, luta contra a COVID-19. Dos Estados Unidos da América, Ludimila Britto Melo pede a continuidade de orações para o seu pai. Não há previsão de alta hospitalar.

Fonte e foto: Blog do Anderson

 

Nota de Pesar | Manoel Messias Galvão, aos 57 anos

Nota de Pesar | Manoel Messias Galvão, aos 57 anos

Um dos lojistas mais ativos da Alameda Ramiro Santos acaba de partir para mais um estágio da vida

Nota de Pesar | Manoel Messias Galvão, aos 57 anos

Um dos lojistas mais ativos da Alameda Ramiro Santos acaba de partir para mais um estágio da vida. Aos 57 anos, faleceu no Hospital Geral de Vitória da Conquista, Manoel Messias Galvão. 

Ele foi socorrido ao HGVC na última semana após um mal súbito na Joias Valéria. Ele deixa esposa e filhos. O funeral acontece nesta terça-feira (18). 

 Foto e fonte: Blog do Anderson

 

Movimentação Política | Magalhães articula Chico Estrela no PSD, alianças com Sheila e MDB em Vitória da Conquista

Movimentação Política | Magalhães articula Chico Estrela no PSD, alianças com Sheila e MDB em Vitória da Conquista

O vereador Francisco Estrela Dantas Filho, ainda filiado ao Partido Trabalhista Cristão, está no topo do sucesso há uma semana. Isso aconteceu depois de deixar a Bancada de Oposição

 Movimentação Política | Magalhães articula Chico Estrela no PSD, alianças com Sheila e MDB em Vitória da Conquista

O vereador Francisco Estrela Dantas Filho, ainda filiado ao Partido Trabalhista Cristão, está no topo do sucesso há uma semana. Isso aconteceu depois de deixar a Bancada de Oposição e passar a comandar a Bancada Sheilista no Parlamento Conquistense. Na noite do sábado (15) o BLOG DO ANDERSON esteve no ibis Vitória da Conquista onde Chico Estrela conversava com o deputado federal Paulo Sérgio Paranhos de Magalhães (PSD-BA), que está em processo de articulações para mais uma disputa nas Eleições 2022, mas antes disso quer criar uma base eleitoral com a revitalização do Partido Social Democrático em Vitória da Conquista.

“PSD vem em Vitória da Conquista pra valer. Vem para participar da eleição. Nós vamos analisar com muito cuidado, com figuras importantes como o líder do Governo [no Parlamento Conquistense] que é meu amigo, que vai compor o PSD em breve e nós vamos com alguns suplentes que vão fortalecer cada vez mais o nome do Partido que mais cresce no Brasil e em Conquista nós não podíamos ficar, aliás na última vez que nos encontramos eu lhe disse que viria para valer na eleição e tenho certeza que nós vamos fazer diferente do que fizemos até então”, declarou. “Nós vamos tratar de PSD e a prefeita Sheila de agora em diante”, revelou Paulo Magalhães sobre alianças que estão por vir.

Na referida data ele esteve reunido com a prefeita Ana Sheila Lemos Andrade, do Democratas, e com a ex-vice-prefeita Irma Lemos Santos Andrade, do Partido Trabalhista Brasileiro. O deputado fez questão de agraciar o presidente municipal do Movimento Democrático Brasileiro, Lucas de Jesus Batista que acompanhava a reportagem ao lado de Chico Estrela. “Meu amigo e pode ser extremamente útil. A afinidade dele comigo é muito grande, acima até dos nossos partidos. É por isso que tenho certeza que nós vamos nos afinar de tal sorte que vamos caminhar juntos”.

Foto e fonte: Blog do Anderson

 

 

Escritório especializado no atendimento as Igrejas, Centros Religiosos, Ongs e Associações

Escritório especializado no atendimento as Igrejas, Centros Religiosos, Ongs e Associações

Escritório especializado no atendimento as Igrejas, Centros Religiosos, Ongs e Associações

Escritório especializado no atendimento as Igrejas, Centros Religiosos, Ongs e Associações

Há mais de 20 anos com eficiência e credibilidade, é uma referência em entidades sem fins lucrativos. O escritório foi homenageado com o prêmio TOP DE QUALIDADE a nível Brasil, ou seja, além de São Paulo e interior o escritório atende também outros Estados. 

Este prêmio é concedido às empresas atuantes no Estado de São Paulo e demais Estados, eleitas pelo alto índice de satisfação, alto padrão de excelência e qualidade dos serviços prestados na área das entidades sem fins lucrativos. 

A Alves Contabilidade fica na Rua brigadeiro Tobias, 247, Conj. 1219, Centro, São Paulo -SP; Cep 01032-000. Próximo a praça do correio e Metrô São Bento.

O escritório fica bem localizado e de fácil acesso, o cliente tem várias opções para chegar no endereço, além de estacionamento do prédio existem mais de quatro estacionamentos próximos.

 Acesse:https://www.alvescontabilidade.com.br

Alves Contabilidade

Fones: (11)3229-9277 Cel e WhatsApp (11) 9.9608-3728
E-mail: alvescontabilidade@uol.com.br
Acesse:https://www.alvescontabilidade.com.br
Rua Brigadeiro Tobias, 247 – Conj. 1219  Centro – São Paulo -SP CEP 01032-000
Próximo a Praça do Correio e Metrô São Bento

 

Alves Contabilidade escritório especializado no atendimento as Igrejas, Centros Religiosos, Ongs e Associações

 

 

Transporte Coletivo Urbano | Sheila exige cumprimento de contrato com cobradores nos ônibus em Vitória da Conquista

Transporte Coletivo Urbano | Sheila exige cumprimento de contrato com cobradores nos ônibus em Vitória da Conquista

O anuncio da remoção de cobradores em ônibus no Transporte Coletivo Urbano gerou reação no Paço Municipal Conquistense

Transporte Coletivo Urbano | Sheila exige cumprimento de contrato com cobradores nos ônibus em Vitória da Conquista

O anuncio da remoção de cobradores em ônibus no Transporte Coletivo Urbano gerou reação no Paço Municipal Conquistense. Durante pronunciamento na tarde desta sexta-feira (14) a prefeita Ana Sheila Lemos Andrade prometeu melhorias no sistema e logo depois a Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana informa que o Município de Vitória da Conquista tem contrato com Empresa de Ônibus Rosa e Atlântico Transporte e Turismo seus veículos sejam operados com motorista e cobrador em quase sua totalidade, ou seja, em 95% dos veículos. “A SEMOB informa também que no início da tarde desta sexta-feira (14), após tomar ciência da suposta utilização de ônibus sem cobradores, o Município protocolou um ofício requerendo a manutenção das atividades como opera desde a sua contratação, exceto os seis micro-ônibus que estão contratados e já circulam no município. Segundo o secretário da pasta, Diêgo Gomes, qualquer alteração deve ser feita em comum acordo com a Prefeitura Municipal, sob risco de descumprimento contratual”.

 Fonte e foto: Blog do Anderson  

 

Gabinete Civil: Sheila Lemos sanciona Lei nominal da Estação de Transbordo Herzem Gusmão Pereira

Gabinete Civil: Sheila Lemos sanciona Lei nominal da Estação de Transbordo Herzem Gusmão Pereira

 No próximo dia 2 de junho será inaugurada um dos mais importantes projetos da Mobilidade Urbana que vai prestar uma homenagem ao saudoso prefeito Herzem Gusmão Pereira

Gabinete Civil: Sheila Lemos sanciona Lei nominal da Estação de Transbordo Herzem Gusmão Pereira

No próximo dia 2 de junho será inaugurada um dos mais importantes projetos da Mobilidade Urbana que vai prestar uma homenagem ao saudoso prefeito Herzem Gusmão Pereira. E na tarde desta sexta-feira (14) a prefeita Ana Sheila Lemos Andrade, juntamente com o presidente do Parlamento Conquistense, Luís Carlos Batista de Oliveira, sancionou a Lei Nominal da Estação de Transbordo Herzem Gusmão Pereira.

Construído na Avenida Lauro de Freitas, no local do extinto Terminal Urbano, a Estação conta com investimentos de quase R$ 8 milhões, via Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento, produto da Caixa Econômica Federal. Além disso, também foram expostas as duas fotografias de Herzem Gusmão Pereira que agora está imortalizado na Galeria dos Prefeitos de Vitória da Conquista.

Foto e fonte: Blog do Anderson

Governo da Bahia acende ‘luz amarela’ e vê possibilidade de nova onda de Covid-19

Governo da Bahia acende ‘luz amarela’ e vê possibilidade de nova onda de Covid-19

 

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), demonstrou preocupação com a situação da pandemia no estado.

 Governo da Bahia acende ‘luz amarela’ e vê possibilidade de nova onda de Covid-19

O governador da Bahia, Rui Costa (PT), demonstrou preocupação com a situação da pandemia no estado. De acordo com ele, observou-se nos últimos dois dias um aumento na procura por atendimento em gripários da capital baiana, o que acendeu o “sinal amarelo” para a possibilidade de um novo repique da crise sanitária.

Outro fator que deixa o governo em atenção é a estabilização, em patamares altos, da quantidade de casos ativos da doença. “Estamos com 15 mil contaminados. Nos preocupa essa resistência dos números em cair. Em dois dias seguidos, percebemos aumento no número de pessoas procurando atendimento nos gripários aqui na capital baiana.

A qualquer momento, pode haver nova onda. Nos preocupa muito o que pode acontecer a partir daí”, disse o governador, em entrevista ao Bahia Meio-Dia. Diante da situação, Rui voltou a dizer que “não há nenhuma hipótese” de realização de festas juninas como o São João e o São Pedro este ano. Os indícios de novo aumento na quantidade de casos da Covid-19 surgem em meio à retomada das atividades comerciais no estado.

Salvador, por exemplo, entrou nesta quinta-feira (13) na fase amarela do plano, que amplia o horário e a quantidade de atividades em funcionamento. Com o cenário, Rui voltou a pedir que a população tome os cuidados necessários para evitar a contaminação. “Faço esse pedido, esse alerta, para a população, para os comerciantes, os empresários, para que a gente não volte a agravar a situação e precise fechar tudo novamente”.

 

 Homens casados contam por que mantêm relacionamentos gays

Homens casados contam por que mantêm relacionamentos gays

 

Homens, casados, contam, mantêm, relacionamentos,  homossexual, gays, Namorei, cinco, família, casamento, prejudicar, magoar, vida dupla, gay,

Homens casados contam por que mantêm relacionamentos gays

“Namorei cinco anos um amigo da família, que morava perto, mas minha mulher nunca soube”, conta Pedro*, 50, vendedor de uma multinacional, casado há 25 anos e pai de duas filhas, de 18 e 21 anos.

Apesar de se reconhecer como homossexual, ele mantém o casamento para não prejudicar a vida que estabeleceu, inclusive profissional, e por medo de magoar as filhas. “Não sei se conseguiria encará-las.”

Poucos sabem da vida dupla de Pedro. Avesso à exposição e ao mundo gay, ele confessa que é preocupado demais com o “que os outros vão falar”.


Para satisfazer seus desejos, o vendedor teve relacionamentos discretos com outros homens ao longo dos anos. Com o rapaz com quem namorou por cinco anos, que também era noivo de uma mulher na época, Pedro tinha o disfarce perfeito para a família. Os dois trabalhavam no mesmo segmento e viajavam juntos para atender clientes.

Apesar de conseguir acomodar vidas paralelas, Pedro revela o desgaste de ter de mentir. “É cansativo ter dois papéis, porém, no momento, prefiro manter como está”, fala.

A angústia de esconder a orientação sexual da mulher por anos foi o que levou o gerente executivo Fabrício*, 31, a revelar a verdade.

Casado por dez anos, há cinco ele contou para ela que é bissexual e que se relacionava sexualmente com homens. “Achava que era um direito dela saber se era isso mesmo que queria para a vida dela.”


Fabrício tinha certeza de que essa revelação custaria o fim do casamento. Porém, ele não suportava mais se esconder. “Para minha surpresa, ela disse que isso não era um empecilho para manter nossa relação”, conta.

“Hoje estou extremamente feliz e resolvido com minha mulher, só falta contar para minha filha”, diz o gerente, pai de uma menina de 12 anos.

Desejo de família e paternidade

Existem muitos fatores que levam homossexuais a se envolverem em um casamento heterossexual. Alguns experimentam desejos homoafetivos na adolescência, contudo, às vezes, demoram a se perceber como gays.

“Muitos se casam porque se apaixonam por uma mulher e só mais tarde vem a certeza de que são homossexuais, porém já vieram os filhos e eles não querem desmanchar o casamento”, declara a psicóloga Vera Moris, professora e pesquisadora da PUC (Pontifícia Universidade Católica) de São Paulo, coordenadora do Homopater, grupo de apoio e orientação a homens e pais em relacionamentos homoafetivos.


A vontade de ter filhos também impulsiona alguns homens, mesmo sendo gays, a se casarem com mulheres. O modelo heteronormativo aparece na cabeça de muitos como único caminho possível para realizar o sonho de ter uma família.

Depois de casados, os que se sentem infelizes nem sempre terminam a relação por temerem perder o vínculo com a família, por isso acabam optando por uma vida dupla. “Eles sentem medo de fazer mal aos filhos e de serem rejeitados”, diz Vera.

Autoaceitação e separação

Não conseguir encarar a própria bissexualidade foi o que fez com que Fabrício adiasse a conversa com a mulher sobre sua orientação sexual. Apesar de ter tido experiências homossexuais na adolescência, por motivos religiosos, ele não lidava bem com sua sexualidade. “Não estava confortável comigo mesmo, só depois que aceitei minha bissexualidade me senti pronto para dividir com ela”, fala.


Mesmo sem coragem de contar para a mulher sobre sua homossexualidade, Pedro pretende se separar. “Quero morar sozinho, ter mais liberdade, a família que eu queria já tenho. Meu maior erro foi não ter me permitido ter relações sexuais antes do casamento”, diz o vendedor, que se casou virgem.

Segundo Vera, existem homens que levam uma vida dupla por bastante tempo e o processo de separação é lento, entretanto, quase sempre acontece. “A orientação sexual não é uma escolha, não tem como fugir, tem de enfrentar”, afirma.

*(Nomes trocados a pedido dos entrevistados)

 

Fonte: Fãs da Psicanálise 

 

35 COMENTÁRIOS

  1. Eu não concordo absolutamente que a bissexualidade ou a homossexualidade pode ser motivo para enganar uma parceira. Ninguém tem esse direito. A mulher tem todo o direito de saber com quem está se casando, assim como escolher se deseja isso pra si. Quando um homem esconde ou nega esse direito a uma mulher, está agindo de forma absolutamente egoísta e desleal. Até mesmo machista, porque isso é total desrespeito. A gente percebe nos comentários que a preocupação é com os filhos, não decepcioná-los. Mas com a mulher, nem se fala. Um absurdo o sofrimento que uma mulher passa por ser enganada dessa forma. Nada justifica, Se não tem coragem pra assumir sua orientação, fique só ou encontre alguém que o aceite como ele é. Ninguém tem o direito de comprometer toda a vida de uma outra pessoa através da mentira.

    • Concordo com você, Ivana.
      Acho que quando se tem um relacionamento é necessário haver logo todo um esclarecimento sobre coisas que fazem parte de você (seja por ter atração ou algo do tipo), a escolha agora depende do outro, pois é ele que vai saber se quer conviver com uma pessoa dessa forma (é um total direito, nada a ver com preconceito).
      Esconder isso durante tanto tempo é realmente uma amostra de egoísmo, afinal, é praticamente uma traição rs (pelo menos eu enxerguei dessa forma mesmo que seja com uma pessoa do mesmo sexo).
      Guardar esse segredo por filhos ou se relacionar porque quer ter filhos, mas não quer contar, é um egoísmo e uma falta de consciência. Às vezes se já chegar e explicar a situação, muitos problemas poderiam ser evitados. A companheira estaria ciente da vida que levará, poderão ter filhos e ambos estarão “conectados” e cientes de tudo.
      Mas guardar um segredo desses por tantos e tantos anos… isso é puramente ridículo e uma falta de caráter (não por gostar de outro homem, mas por manter uma relação com uma mulher e ter relações por fora com outro sem dar nenhuma justificativa para a esposa.)

    • Eu me pergunto se uma mulher casada ha 25 anos não percebe que seu marido é bissexual. Não conhece o homem com quem divide sua vida ? Penso que saber sabe, mas é bem confortável ficar como está.

      • Tem como esconder isso dela. Principalmente, se o cara for o homem que a sociedade exige. Também é falta de bisbilhotar o telefone do marido. Penso que se toda mulher averiguasse o que o marido faz às escondidas, ela iria descobrir algo de errado ou não.

      • Eu te achei agressiva e seu argumento é muito fraco pois tudo é relativo …tem gente que em 5 minutos se desnuda com muita facilidade e com muita honestidade e tem gente que mente tanto que 25 anos seria somente um labirinto de mentiras …um conselho não opine sobre pessoas como se tudo e todos focemos iguais … O ser humano é cheio de particularidades …da mesma forma que tem o bom tem o ruim …tem gente que mente tão bem …e tem gente que é tão sincero …então isso não depende de 1 hora ou de 25 anos isso depende de boa fé bom caráter de circunstâncias em fim de pessoas e isso mi ha cara vc não pode pré vê. …

    • Verdade o que você disse e o que é pior se eles que tem vida dupla trouxerem DSTS pras esposas assim como tem muitos por aí até heterossexuais não escapam disso.
      Só desgraça.
      Daí o outro fala que não Devia de ter se casado virgem que foi um erro sendo que outros já tinham tido relacionamentos com outros e não serviu como um fator decisivo pra não casar com uma mulher.
      Acho que eles deviam ir ao analista pra por as ideias em dia.

    • Concordo absolutamente com você ! A esposa perde toda uma vida achando que está num casamento p vida toda, acaba perdendo a juventude e a auto estima e acaba só por conta de um ato covarde !

  2. Ridículo manter vida dupla. Independente de ser gay ou não ter dois relacionamento a ao mesmo tempo e enganar alguém. Alguém sempre sairá machucado. Vc tem a opção de casar ou não. Muito comodo levar duas vidas paralela s. Então todo mundo casa e resolve fazer tudo o quer…Sem noção! Cada um tem o direito de ser feliz é fazer o que quiser mas é desumano enganar o outro!

  3. Acredito que roubar o direito do outro de saber a verdade é o pior erro… temos então um casamento que é uma verdadeira farsa. O ego do rapaz é o mais importante, em que momento ele se coloca no lugar da esposa? Triste essa falta de amor e respeito ao próximo! Ninguém é obrigado a ficar casado…eu chamaria isso de egoismo!

  4. Gente é muito fácil, vocês julgarem a vida do outro,até porque não aconteceu com vocês. É muito simples chegar e falar que o outro está errado que ele é egoísta e tal. Primeiro que isso não acontece só com homens mas com mulheres também. Segundo gente, que vocês não sabem do passado (vida) de ninguém, pode ser que se casaram por pressão da família ou até mesmo da sociedade que o rodeava na época. Vocês não sabem o que essas pessoas sofreram para chegar nessa vida.
    Quando chega ao ponto da família ficar sabendo da outra vida do parceiro ou parceira, realmente o sofrimento vem para todos seja os filhos ou marido ou mulher, e não cabe a ninguém de fora dar opinião de quem está certo ou errado, isso é um problema que deverá ser resolvido entre o casal e se por acaso eles acharem que precisam de ajuda, eles por conta própria procurem a ajuda seja da família ou até mesmo de um psicólogo.
    Quando falo que ninguém tem o direito de dar opinião de certo ou errado na vida do outro, falo isso por que ninguém é perfeito, vocês também tem seus erros tenho certeza disso.

    • o meu erro não consiste em brincar com a vida de ninguém! Alias nao faço pros outros o que nao gostaria que fizesse comigo! Pára de querer justificar falta de carater!

    • Me identifiquei com o assunto e concordo perfeitamente no que disse… As coisas são relativas e realmente só o casal pra definir e resolver o erro com as consequências

    • Ridículo! Sou gay e repudio traidores e fura-olhos! Acho uma covardia, desvio de caráter! Sair com homem casado, para boa parte dos gays, é sinônimo de ter a mente aberta. Mente aberta compactuando com uma enganação? Quando você participa de algo podre, se torna parte da podridão. Não adianta a gente clamar por respeito, não adianta se dizer gay pró-feminismo, falar em respeito as mulheres e depois sair com um cara que tá traindo a esposa. Ter a mente aberta é você ter um relacionamento aberto com quem quem também quer um relacionamento aberto. Ter a mente aberta é você só se envolver com alguém comprometido depois de se certificar de que essa pessoa está em um relacionamento aberto e dá a mesma liberdade ao(a) parceiro (a)

  5. Concordo com a opinião de todas as meninas acima, mas lembre-se que vivemos em uma sociedade machista, preconceituosa e intolerante movida por comportamentos machistas de homens e MULHERES que cobram uma postura “normal” e aceita pela sociedade, ainda é muito difícil assumir uma vida de solteiro sem que haja uma cobrança pela MÃE, que é mulher e não entende, e pelo PAI hétero que na maioria das vezes sofre de bloqueios homofóbicos, o que eu quero que vocês reflitam é que ao mesmo tempo que cobram uma postura de que o homem tem que assumir o que é, vocês educam seus filhos e filhas a não aceitarem essa condição, vivemos em uma sociedade contraditória. Tenho três filhos e fui casado durante seis anos, tempo máximo que aguentei para não cair em uma vida dupla, antes que isso acontecesse achei certo terminar e contar a verdade para ela, mas sempre tive consciência do que era e do que gostava, mas não tinha coragem nem condições de assumir isso nessa sociedade em que vivemos, hoje não tenho uma vida dupla com uma esposa, mas continuo sendo obrigado por esta sociedade hipócrita e ter uma vida dupla porque não seria aceito em minha vida profissional e acadêmica como um gay, mas felizmente na minha família mais próxima e nos meus amigos mais próximos eu consigo ser eu mesmo, mas ainda falta muito para vivermos felizes, direito este que é negado aos gays.

    • Nem todo homem que passa por isso pensa como você. Conheci um carinha recém-casado, no meu antigo emprego, e nos gostamos (eu me apaixonei por ele, não sei se ele era apaixonado por mim). Trocávamos olhares, ele tentava falar comigo, mas eu o ignorava pelo fato de ele não ser solteiro. Foi difícil, mas consegui. Ele demonstrava muito ser um cara que se dava muito bem com sua condição sexual. Nunca vi tristeza nele, nos 13 meses que passei na empresa. As fotos dele, no Facebook, mostravam a vida social e amorosa ativa dele com a esposa. Ele é um tipo de cara que não se importa de trair a esposa (bom, essa era a imagem que ele me passava). Hoje, não me arrependo de nunca ter iniciado um relacionamento com ele. Se eu tivesse me relacionado com ele, eu iria ser o passa-tempo dele. Tem homens que gostam da vida sexual dupla.

    • Que bom que você teve a coragem de falar a verdade para a sua mulher, o que nós aqui não concordamos é que após 15, 20 ou 25 anos depois esse homem largue da mulher e faça ela perder a juventude e tirar dela a opção de continuar nesse casamento ou seguir em frente !

  6. Quantos julgamentos…
    Não é a toa que não se assumem.
    Sabem que serão apedrejados pelos juízes de plantão.
    Enganam sim, mas sodrem terrivelmente.
    Um pouco mais de compaixão e respeito por todos os envolvidos não cairia nada mal…

  7. É fácil falar quando não foi vc que foi enganado por um narcisista que só queria o melhor dos 2 mundos sem considerar nenhuma consequência das suas escolhas. Se engana e engana todos ao redor. Usam uma máscara enquanto apodrecem por dentro. Aí logo apodrecem tudo e todos que estão ao redor.

  8. Relacionamento antes de mais nada requer confiança, cumplicidade e verdade. Se a pessoa tem dúvidas quanto sua orientação sexual ou simplesmente não quer assumir para a sociedade, não se case pra enganar sua companheira. É um sofrimento imensurável, que destrói a autoestima da outra pessoa e com certeza não vale a pena para se manter um relacionamento fadado ao fracasso.

  9. Concordo plenamente com a resposta da leitora e comentarista Sr Ivana Azevedo.
    Eu Pablo Ferraz de ANDRADE sou gay desde a minha juventude, tenho 40 anos; se eu mim declaro gay, não tenho a acertividade com mulheres, por tanto vejo à impossibilidade de mim deitar com elas…
    Mesmo que fique no ponto do fiel da Balança, a impossibilidade de ganhos de cargos de confiança corporativa em uma empresa, ou ser submetido à agradar anseios de família!!!!
    Sou Pablo Ferraz, sou gay e muito satisfeito como sou e como estou!!! Filhos… deixe para outros quê, por Don, queiram fabricar… ou seja… gerar e cuidar. Não é o meu campo!!! Gerar e cuidar de uma prole!
    Isto é para poucos… E não para quaisquer um. Seja gay, hetero, ou bi.
    Para mim o cabra safado quê engana uma mulher só para obter o título de exemplo de família exemplar e correta… para mim nada mais é que um cara cabra safado e sem caráter!!! E o pior… de péssima personalidade, falso e “Egocêntrico “!!!!.

  10. acho o assunto muito complicado
    principalmente quando envolve outras vidas,
    facil ser juiz de outros, dar opinião e fazer colocações que não estão vivenciando.
    acho que nenhum homem responsável escolhe uma situação dessa, principalmente quando se tem filho.s.
    hoje sinto falta de alguém para conversar, não imagino abrir para familia, seria uma magoa muito grande. acho que não teria este direito.
    se tiver algum , homem casado, serio, que deseje conversar, estou aqui…sem envolvimentos

  11. Há 19 anos descobri a bissexualidade e gostei muito. Na época eu era casado há 12 e tinha uma filha. Eu já havia ido em sauna de hotéis e nunca vira nada de mal. No entanto, em viagem a trabalho, passo em frente uma sauna e resolvo entrar. Lá havia vários homens andando nus e alguns deles excitados, fui na sauna seca e havia dois homens fazendo 69 e nem se importaram comigo ali, continuaram o ato, com beijos, amassos. Fiquei também excitado, mas não tirei a toalha e nem caí na tentação.
    No hotel fiquei pensando naquilo tudo e me masturbei gostosamente. Dois dias depois, na véspera de eu ir embora, voltei ao local. Tomei umas cervejas para relaxar e um cara meio careca veio puxar conversa. Dali fomos para a sauna a vapor e sentamos nos bancos de cima. Dois caras começaram a dar amassos e ele se encostou em mim. Não fugi, fechei os olhos e deixei aquela mão máscula percorrer meu corpo. Encurtando: fomos para um reservado e demos um senhor malho por cerca de meia hora. Ele me chupava gostoso e pedia para que eu fizesse o mesmo. Fiz. Fiz e gostei. Não houve penetração, apenas orgasmos.
    Fui embora pensativo. Os pensamentos voavam. Uns três meses depois, procurei outra sauna do gênero. Estava disposto a tudo. E fiz, como fiz. Adorei. Sentir o prazer prostático é bom demais, incomparável. Em casa, a minha relação com a esposa melhorou muito. Um ano depois de estar envolvendo com homens, preparei e contei para ela que havia experimentado transar com homem. Foram xingamentos, gritos e difamação para toda a família. Separamos. Continuei saindo com mulheres, inclusive uma tia dela.
    Não quis casar novamente, apesar de ter namorada fixa. Ela sabe que dou escapadas com homens que possam me dar outro tipo de prazer. Não me importo com rótulos e sim com o meu prazer.

    • Que bom que você teve a coragem de falar a verdade para a sua mulher, o que nós aqui não concordamos é que após 15, 20 ou 25 anos depois esse homem largue da mulher e faça ela perder a juventude e tirar dela a opção de continuar nesse casamento ou seguir em frente !

  12. Me chamo Alex, hoje com 33 anos, e o que me causa estranheza, não é o comportamento machistas de homens e sim de mulheres, a família a sociedade as pessoas ao redor esperam tanto de você, criam expectativas e te cobram que você seja aquilo que eles querem sem se importar de fato com a sua felicidade. Eu me relacionei com mulheres na juventude, casei cedo separei e conheci um cara casado que nos tornamos amigos, e acabamos tendo um envolvimento, ele me contava das cobranças da família desde cedo pra ele casar e ter filhos, me contava das suas angústias, eramos amigos de verdade ele sempre me contava que o que o sustentava na barra de continuar casado era a nossa amizade, não só fato de trocar um carinho entre a gente e sim em saber que comigo ele podia ser ele mesmo, às vezes tudo que ele queria era ir no meu ap assistir jogo de cueca e tomar cerveja, como nossas tardes de domingo era incríveis, ele tinha um trabalho estressante, a esposa era muito grossa, e só queria saber de se mesma, ele não se separava pelo filho, varias vezes eu segurei a barra do cara em momentos difíceis como a morte do pai dele, hoje eu não tenho mais paciência para a futilidade de algumas mulheres e como elas enxergam o mundo. Aprendi que companheirismo e amizade não nem nada haver com sexo, aprendi também que sexo com alguém que goste de você como você é de fato, sem te julgar ou te colocar num molde é algo realmente libertador. Tenho muitos amigos casados com família Brasil a fora, com alguns já tive relação sexual, com outros só atração carinhos, mais o que tive e tenho com todos é um grande respeito e compreensão. Como vive os dois lados sei que algumas vezes alguns caras só querem um amigo independe de querer transas ou não. Atualmente me mudei, estou morando em outro estado, conheci um cara casado, bem mais velho do que eu, com sede de viver a vida um vontade de ser feliz, com um olhar triste porque viveu uma vida que não era o que ele queria, e aos 55 anos ele se deu conta que a vida está passando e permanecer casado não é mais o que ele quer pro resto da sua vida, antes de qualquer coisa temos uma amizade muito um carinho e respeito muito grande, gostamos das mesmas coisas, e quando percebemos já estávamos mais do que apaixonados. Isso é errado ? Se ele contar pra mulher depois de 25 anos de casado que ele não foi completamente feliz ao lado dela, como ela ficaria, por ele, ele já teria contado e jogado tudo pro alto, eu que estou tendo um pouco mais de pé no chão pra que tudo ocorra de uma maneira mais tranquila. O chato é que as pessoas falam, criticam e não tem nem a capacidade de se colocar no lugar do outro nem ao menos percebem o sofrimento do próximo, aí fica difícil pra qualquer um permanecer ao lado de alguém.

  13. Ridículo! Sou gay e repudio traidores e fura-olhos! Acho uma covardia, desvio de caráter! Se nãoconsegue se assumir, isso é problema seu e não do seu parceiro(a). Sair com homem casado, para boa parte dos gays, é sinônimo de ter a mente aberta. Mente aberta compactuando com uma enganação? Quando você participa de algo podre, se torna parte da podridão. Não adianta a gente clamar por respeito, não adianta se dizer gay pró-feminismo, clamar por respeito as mulheres e depois sair com um cara que tá traindo a esposa. Ter a mente aberta é você ter um relacionamento aberto com quem também quer um relacionamento aberto. Ter a mente aberta é você só se envolver com alguém comprometido depois de se certificar de que essa pessoa está em um relacionamento aberto e dá a mesma liberdade ao(a) parceiro (a).

  14. Me casei com um bissexual, temos duas filhas, casei sabendo que era ele não me escondeu no inicio, mas infelizemente depois de 10 anos de realcionamente, e 6 casado, ele continuou a se relacionar com homens, descobri, e ele nega, peguei ele com Tinder, ele disse que fez de proposito, que era coisa da minha cabeça.Tudo de sinceridade que tinhamos no inicio, ele deixou morrer, e me colocou como a louca, da o situação. Eu to refletindo, me sentindo mais seguro todos os dias, pra pedir o divorcio, no fundo acho que sera melhor pra ele pra poder se assumir e ser feliz, e pra mim, pois poderei conhecer alguem que me valorizará, mas por fim tenho alguns receios, de pegar outro gay tentando se esconder, ainda mais que na minha cidade chove gays assim….